Chegaram as férias e é tempo de descobrir as maravilhas culturais e científicas do nosso país, com toda a segurança e tranquilidade, numa perspetiva refrescante, própria desta época.

 

A 24.ª edição da Ciência Viva no Verão em Rede destaca o projeto Circuitos Ciência Viva, cujo lema é “Deixe-se guiar pela curiosidade!”.

Entre os dias 15 de julho a 15 de setembro irão ser dinamizadas mais de 200 ações, em 500 datas, por todo o país, organizadas por Centros Ciência Viva, associações científicas, autarquias e empresas.

Para participar nas ações é obrigatória a inscrição através da plataforma

 

JULHO

 

Dia 18 às 15h no edifício sede do CCV Bragança

Flora Recreativa

Isabel Sá.

Esta atividade pretende estimular a interacção lúdica dos participantes com o meio natural. No decurso da actividade, incentiva-se a aprendizagem no sentido do (re)-conhecimento de plantas recreativas da flora local, usadas na construção de brinquedos e instrumentos musicais como boladeiras, cartachos, chincalhos, e tantos outros.

 

Dia 25 às 11h no edifício sede do CCV Bragança

Simetrias da Natureza

Vítor Fernandes.

O CCVB  estreia um percurso pedestre com o tema "Simetrias na Natureza". Já alguma vez pensou que a matemática está presente no seu dia-a-dia, olhou para a natureza e identificou as simetrias nela existentes? Venha connosco observar o meio envolvente do Centro Ciência Viva de Bragança e descobrir que a matemática também está presente neste cenário.  Não espere mais, inscreva-se, pois a partilha, a descoberta e a diversão irão marcar presença e estão à sua espera.

 

AGOSTO

 

Dia 8 às 15h no edifício sede do CCV Bragança

Dar cor! Conhecer a tinturaria natural

Isabel Sá

Esta oficina abordará a utilização de diferentes corantes naturais com origem em diversas espécies de plantas, líquenes, cogumelos e insectos, através de experiências práticas de preparação de tintos para a utilização em fibras têxteis. Serão abordadas diferentes técnicas de tinturaria e alteração de cor. No final da oficina os participantes preparam um mostruário com os fios tingidos que levam consigo para casa.

 

Dia 15 às 15h no edifício sede do CCV Bragança

À Descoberta de Pegadas

Isabel Sá

Esta oficina pretende promover o conhecimento da fauna autóctone. Os participantes irão perceber como os biólogos fazem o rastreio de fauna selvagem através da identificação de pegadas, sendo desafiados a sair para o campo em descoberta de pegadas reais de fauna selvagem emblemática, e a identificá-las com a ajuda de um pegadoscópio.

 

Dia 29 às 15h no edifício sede do CCV Bragança

Construção de abrigos para Polinizadores

Isabel Sá

Esta oficina pretende transmitir conceitos relacionados com o papel essencial dos insetos polinizadores na subsistência dos ecossistemas, a diversidade natural e incentivar a consciência ecológica. Através da reutilização de materiais serão construídos abrigos para insetos polinizadores com o intuito de contribuir para a conservação da biodiversidade local e promover a presença de insetos benéficos em zonas urbanas.

 

SETEMBRO

 

Dia 5 às 11h no edifício sede do CCV Bragança

Simetrias da Natureza (2.ª sessão)

Vítor Fernandes.

O CCVB  estreia um percurso pedestre com o tema "Simetrias na Natureza". Já alguma vez pensou que a matemática está presente no seu dia-a-dia, olhou para a natureza e identificou as simetrias nela existente? Venho connosco observar o meio envolvente do Centro Ciência Viva de Bragança e descobrir que a matemática também está presente neste cenário.  Não espere mais, inscreva-se, pois a partilha, a descoberta e a diversão irão marcar presença ou estão à sua espera.

 

Dia 12 às 11h na Casa da Seda

O chão que pisamos: conhecer a Geologia Urbana

Paula Minhoto

A Geologia está presente em tudo o que nos rodeia embora o nosso ritmo de vida acelerado não nos permita ter essa perceção. Um percurso citadino, de olhos no chão e nas paredes, é uma oportunidade para a divulgação e promoção do património edificado bem como para a sensibilização para a sua proteção. Um percurso citadino, de olhos no chão e nas paredes, é uma oportunidade para a divulgação e promoção da Geologia, do património edificado e para sensibilizar os participantes para a sua proteção.

 

Face às condições atuais o uso de máscara é obrigatório e devem ser cumpridas as regras de distanciamento físico.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 13 de julho, próxima segunda-feira.

Vamos explorar as belezas do nosso país?

 

Veja quais as ações do Centro Ciência Viva de Bragança.

Localização

Edifício Sede: Rua do Beato Nicolao Dinis 5300 - 130 Bragança
Casa da Seda: Rua dos Batoques, n.º 25, 5300-091 Bragança

Horários

Terça a Sexta - 10h-18h
Sábados, Domingos, Feriados - 11h-19h
Encerrado à Segunda
(Última admissão meia hora antes do encerramento)
O Centro encerra ao público nos dias 1 de Janeiro, 24, 25 e 31 de Dezembro.