O Centro Ciência Viva de Bragança (CCVB) é uma associação científica e técnica sem fins lucrativos, existente desde 2004 e aberta ao público enquanto equipamento cultural e científico desde 2007. Tem como associados fundadores a Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica – Ciência Viva, a Câmara Municipal de Bragança e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB). Integra a Rede Nacional de Centros Ciência Viva, constituída por 20 Centros presentes no continente e nas ilhas. O CCVB também pertence à ECSITE (Rede Europeia de Centros e Museus de Ciência), cujos principais objetivos incluem inspirar e capacitar centros de ciência, museus e todas as organizações que envolvem as pessoas com a ciência, para promover a sua curiosidade e ações, e também para fomentar a criatividade e pensamento crítico na sociedade europeia, encorajando os cidadãos a envolverem-se profundamente com a ciência.

O CCVB é considerado uma referência regional e nacional reconhecida, ao nível da sua missão da promoção da educação das ciências experimentais, de comunicação de ciência e de cultura. Tem como missão central a divulgação e disseminação da ciência e da tecnologia na sociedade, apoiada pelas instalações que acolhem conteúdos permanentes. Em particular, o Edifício Sede é um edifício inovador e eco-eficiente que incorpora soluções tecnologicamente avançadas para climatizar o seu ambiente interior - refrigeração e aquecimento naturais, através de um sistema que inclui um coletor solar, piso radiante e ventilação. Desta forma, a sua finalidade contribui para mitigar impactos ambientais que comprometem o desempenho energético e a qualidade ambiental e, por outro lado, promove a sua sustentabilidade. Este edifício também funciona como uma exposição interativa onde os visitantes podem, a qualquer momento, visualizar o comportamento dos diversos sistemas de controle acima mencionados, avaliando o ambiente interno e externo. Quanto à Casa da Seda, foi recuperada com as características originais de um antigo moinho, possivelmente utilizado no processo de tingimento da seda nos séculos XVIII e XIX e integra elementos da memória local e da região do Nordeste Transmontano, com divulgação científica de conteúdos contemporâneos e interativos.

Na mesma linha de sustentabilidade energética e ambiental promovida pelo CCVB, a Casa da Seda foi intervencionada, na fase final, para se efetivar como um edifício energeticamente eficiente e para tornar estes equipamentos numa verdadeira exposição, com dados disponíveis, permitindo a extensão do conteúdo científico para além dos espaços físicos do CCVB. Com a recuperação da sua funcionalidade de moinho e com a instalação eficiente de uma Microrrede inteligente (integrando uma moderna pico-hídrica e a utilização de painéis solares fotovoltaicos), este edifício é um património tecnológico e científico que está à disposição da comunidade. 

Para além da sua missão central, o CCVB ambiciona diversificar a sua oferta com ações de divulgação científica o mais abrangentes possível, baseada em projetos em curso e em eventos que atraiam todos os públicos. O CCVB constitui-se como um equipamento de mediação para comunicar temas de atualidade e como um local comprovadamente adequado para envolver os cidadãos na democratização do conhecimento e na promoção de alterações favoráveis do seu comportamento face a questões de extrema pertinência, como é o caso da sustentabilidade energética e da preservação do meio ambiente (prioridade estratégica da União Europeia para 2020 e da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas COP21).

 

 

Tem como associados fundadores a Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica – Ciência Viva, a Câmara Municipal de Bragança e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB). Integra a Rede Nacional de Centros Ciência Viva, constituída por 21 Centros presentes no continente e nas ilhas.

 

Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica – Ciência Viva

Câmara Municipal de Bragança

Instituto Politécnico de Bragança



Localização

Edifício Sede: Rua do Beato Nicolao Dinis 5300 - 130 Bragança
Casa da Seda: Rua dos Batoques, n.º 25, 5300-091 Bragança E-mail: info@braganca.cienciaviva.pt

Horários

Terça a Sexta - 10h-18h
Sábados, Domingos, Feriados - 11h-19h
Encerrado à Segunda
(Última admissão meia hora antes do encerramento)
O Centro encerra ao público nos dias 1 de Janeiro, 24, 25 e 31 de Dezembro.